| entries | profile | affiliates | site |
That's Not My Name!

quarta-feira, 28 de outubro de 2009


Acabei de chegar do meu antigo colégio. Matei aula hoje, mas ah gente. Só tinha aula inútil né (matemática e física). Daí fui lá e reecontrei uma amiga minha e tal. Ficamos conversando sobre umas coisas que andam acontecendo com ela e as amigas, o que me faz pensar: como as mulheres são falsas entre si. É algo impressionante. Quer dizer, ela mesma disse "você vê o fulano e o ciclano discutindo a relação ou brigando por qualquer coisinha boba, tipo fofocas que não contaram um pro outro?" Não. Você não vê. Tá certo que homens brigam por coisas inúteis tipo "Meu time é melhor que o seu" ou então "Você está dando em cima daquela mulher e eu vi primeiro". Tudo bem que o último exemplo nem sempre acontece até porque muitas vezes, eles põe a amizade em primeiro lugar.. o que nem sempre acontece com as mulheres.
Não que eu não esteja satisfeita sendo mulher. Por favor né? Mas ah, homens conseguem tornar as coisas muito mais simples, e não tranformam tudo num big drama. Mulher briga por tudo, contam as coisas da vida alheia uma pra outra - lê-se fofoca-, falam mal das próprias amigas e essas coisas. Ao invés de muitas ficarem unidas contra os homens, brigam por eles. Eu acho isso totalmente absurdo. Quer dizer, tem tanto homem legal e bonito (nem sempre) por ai, e vão ficar brigando por um em especial? Só porque o cara é bonito, não quer dizer que seja o melhor.
O que eu estou tentando dizer é, acho que as mulheres deveriam ser mais amigas sabe? Sei lá. Serem mais unidas, e menos hm, falsas às vezes.

Outra coisa que me deixou MUITO irritada foi encontrar o meu ex, que hoje é muito amigo meu. Tá, ele faz pra implicar, mas ele me conhece e sabe que sou muito pilhável. Acontece que não é só ele que faz isso.. Eu estava vestindo um short, uma blusinha de alcinha preta com uma blusa xadrez por cima, e um all star branco. Normal né? Mas não pra alguns. Ele me viu e disse "Que roupinha de emo a sua hein?"
Eu digo. NÃO, ISSO NÃO É EMO. Sinto lhe informar. As pessoas não podem ver UMA coisinha xadrez e ficar sem dizer que é emo. Ninguém sabe das coisas da moda não? Eu não sigo moda, mas muita patricinha por aí usa blusa xadrez e ninguém ousa dizer que é emo! É um preconceito absurdo. Coisas xadez são legais. Eu me refiro a tênis, blusas, calças e shorts. Listras também! Não interessa se é preto e branco ou não, não tem nada a ver com emo.
As pessoas nao sabem bem o conceito de emo. Não que eu confie muito, mas de acordo com o Wikipedia o termo emo é:

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Existem várias versões que tentam explicar a origem do termo "emo", como a que um fã teria gritado "You´re emo!" (Você é emo!) para uma banda (os mitos variam bastante quanto a banda em questão, sendo provavelmente o Embrace ou o Rites of Spring).

No entanto, a versão mais aceita como real é a de que o nome foi criado por publicações alternativas como o fanzine Maximum RocknRoll e a revista de Skate Thrasher para descrever a nova geração de bandas de "hardcore emocional" que aparecia no meio dos anos 80, encabeçada por bandas da gravadora Dischord de Washington DC, como as já citadas Embrace e Rites of Spring, além de Gray Matter, Dag Nasty e Fire Party.

Nesta época, outras bandas já estabelecidas de hardcore punk, como 7 Seconds, Government Issue e Scream também aderiram à esta onda inicial do chamado "emocore", diminuindo o andamento, escrevendo letras mais introspectivas e acrescentando influências do rock alternativo de então.

É importante lembrar que nenhuma destas bandas jamais aceitou ou se auto-definiu através deste rótulo. A palavra "Emo" é vista como uma piada ou algo pejorativo e artificial.

O gênero (ou pelo menos o clássico estilo de Washington, o DC sound) primeiramente explorado por bandas como Faith, Rites of Spring e Embrace tem suas raízes no punk rock.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------




Agora a parte mais importante:

É importante lembrar que nenhuma destas bandas jamais aceitou ou se auto-definiu através deste rótulo. A palavra "Emo" é vista como uma piada ou algo pejorativo e artificial.

Será que é tão difícil de entender isso? Geralmente emos são denominados pelas bandas que ouvem, e pelo jeito de se vestirem. Eu já cansei de ouvir McFly é emo hahahahahaha. NÃO! NÃO É! PELO AMOR DE DEUS! O dia que McFly for emo, eu viro punk. ALOU. Pelo amor de Deus. Eu acho totalmente errado as pessoas rotularem as coisas só apenas olhando pra elas, sem nem ao menos saberem do que se tratam.
Dizem que o alternativo é o novo emo. Bem, há quem concorde e quem discorde. Alternativo tá tão na moda como emo estava quando surgiu sabe? Tem isso. Acontece que eu sei o que são alternativos e o que são emos. Pessoas alternativas não saem se cortando e chorando por aí, dizendo que são infelizes. Muito pelo contrário! Alternativos gostam de sair, ir a festas, rir e se divertir. É meio que o oposto né? Mas se veem um alternativo na rua, já dizem: SEU EMO!
Isso irrita. Bem, estou meio que extravazando minha raiva do meu ex por um comentário que já ouvi de muita gente, que alguns nem me conhecem. Posso estar errada, mas essa é minha opinião. Sei lá.
Ah, dia 8 de novembro eu vou cantar no Meeting do McFly de novo! Nossa, estou muito ansiosa. De verdade. Depois conto como foi.. :)
Fiz prova da PUC esses dias.. É incrível como lá só tem gente metida a riquinhos né? Essas pessoas também me irritam. Como eu disse, sou a pessoa mais pilhável do planeta, tudo me irrita. MAS, sou muito bem humorada e legal. Não se deixe confundir. hihihi xx

Marcadores: , , ,



Taby, 14:01 | back to top

7 - nothing personal

----

Hello there,

Bem vindo! Meu nome é Tabatha, mas pode me chamar de Taby se preferir.

Clique em PROFILE ali em cima pra ler mais :)



"Oh me, what eyes hath love put in my head, which have no correspondence with true sight. Or if they have, where is my judgment fled that censures falsely what they see aright?"

- William Shakespeare



website hit counter
website hit counters


Memory Lane